5 Lugares Para Ir em Delhi

 

Délhi, Déli, Dilli, essa metrópole tem uma população maior do que a da Austrália. Délhi é uma cidade que tem vestígios de impérios em quase todos os bairros, vestígios perdidos que renascem em cada esquina. Há tanta coisa para experimentar por aqui, é como se fosse um país em si. É a segunda vez que eu to aqui, e esses são os lugares imperdíveis:

1 – Swaminarayan Akshardham

‘Akshardham’ significa a morada divina de Deus. É saudado como um lugar eterno de devoção, pureza e paz. Swaminarayan Akshardham em Nova Delhi é um ‘Mandir’ – uma morada de Deus, uma casa de culto hindu, e um campus espiritual e cultural dedicado à devoção, aprendizagem e harmonia. O complexo de estilo tradicional foi inaugurado em 6 de novembro de 2005 com as bênçãos de HH Pramukh Swami Maharaj e pelos dedicados esforços de artesãos e voluntários qualificados.

O Akshardham é o meu templo favorito, e de verdade, é possível compará-lo com o Taj Mahal. É expressamente proibido entrar com celular, máquina fotográfica e/ou outros artigos eletrônicos. Não paga para entrar, no entanto a fila para guardar seus pertences demora pelo menos uns 40 minutos, só pra deixar claro o locker é bem seguro (só é permitido levar bolsas de mão para guardar dinheiro).

Dica: vá para assistir o ‘Water Show’ que começa às 19h, o templo fica na cidade, mas eu indico chegar pelo menos com 3 horas de antecedência, assim você tem tempo de passear pelo complexo, contemplar uma boa parte dos detalhes, sentar e ver o pôr-do-sol. É bom passar repelente, porque o show dura 40 minutos e tem muito pernilongo em todos os lados. É muito bom não poder levar nenhuma camera, é muito bom porque você se sente 100% no lugar.

Entrada: Não custa nada

P.s.: Não custa nada para deixar seus pertences no locker também!

2 – Lotus Temple

Lotus

O templo do Lotus, em forma de uma flor de lótus desdobrável, composto de 27 pétalas de mármore, sobreposto entre nove piscinas e passarelas, é feito inteiramente em mármore branco. Ele se destaca contra um monte de templos que você vai encontrar em Nova Deli. O interior é simples e simples e não contém quaisquer ídolos ou imagens como sua contra a fé Bahai.

Entrada: Não custa nada!

3 – Connaught Place

No coração de Délhi, Connaught Place tem um passado colonial com seus icônicos pilares brancos que formam um grande círculo no centro da cidade, com sete ruas divergindo do mesmo, é bem semelhante às avenidas do Arco do Triunfo, em Paris. Existem várias lojas, restaurantes, escritórios, parques, e é uma parte bem animada da cidade, onde muitas pessoas vão especialmente para os fins de semana. Há também mercados nas proximidades, Janpath é um dos meus favoritos, vale a pena, tem quase tudo o que você pode imaginar!

4 – India Gate

India Gate

Foto: Acervo Pessoal

O India Gate foi dedicado a todos os soldados indianos do exército britânico que morreram na I Guerra Mundial. Essa área é rodeada por gramados verdes, e é geralmente um bom ponto de encontro para um piquenique!

Aqui é um dos lugares mais marcantes, e é um ponto turístico não só para estrangeiros mas também para indianos de todas as partes. É bem engraçado porque se você é estrangeiro aqui eles te pedem para tirar fotos em todos os lados, é na verdade engraçado no começo, mas no fim dá um pouco de agonia ver tanta gente tirando fotos de você aleatoriamente.

Entrada: Não custa nada!

5 – The Red Fort (Lal Qila)

Red Fort

Foto: Acervo Pessoal

O Red Fort fica em Old Delhi. É um pouco longe, no entanto, tem como ir de metrô e dependendo de onde você fica demora mais ou menos uns 40 minutos. Indico sempre o metrô porque o trânsito de Délhi é bem difícil, tive o desprazer (sim!) de ir de Uber e demorou 1 hora e meia pra chegar lá (não, não era horário de pico).

O que muita gente não sabe sobre o Red Fort é que Sha Jahan (o mesmo que decidiu construir o Taj Mahal) veio com essa ideia de mudar a capital do Império Mughal de Agra para Delhi (1633), daí a construção do Red Fort, que durou 10 anos. Dentro do complexo tem vários edifícios internos, e dá pra aprender um pouquinho mais sobre o dia-a-dia das pessoas que viviam ali! Tem também um museu de armas, e o ingresso do museu já está incluido no ingresso pago para entrar no Red Fort.

Entrada: 500 rúpias para estrangeiros, o que dá mais ou menos uns 25 reais.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s